.....................................................................Escritor clandestino é quem navega neste mar literário
...................................................................................sem se preocupar com o itinerário.

.......................................................................................A.J. Cardiais

Atração Fatal - A.J. Cardiais
















O amor vive a perguntar
por mim.
É algo assim...
De atração fatal.

O amor é mortal.
Quando olha pra mim,
rima desigual:
consumir até o fim.

O amor é um mal,
que mora em mim:
às vezes é legal,
às vezes é ruim.


A.J. Cardiais
10.07.2011
imagem: google
Poema do livro Prosopopeia Desvairada