.....................................................................Escritor clandestino é quem navega neste mar literário
...................................................................................sem se preocupar com o itinerário.

.......................................................................................A.J. Cardiais

Lágrimas - A.J. Cardiais
















Quando você foi embora,
fiquei com uma canção
e um aperto no coração.

Ainda bem que sendo poeta,
me desabei em rimas
e não no chão.

Quando você foi embora,
engoli soluços secos,
mas não molhei meu rosto.

Lágrimas vêm e vão...
É como uma nascente
dentro da gente,
que não escolhe o momento
para jorrar:
se de alegria ou de tristeza.

A.J. Cardiais
19.05.1990
imagem: google
Poema do livro Navegante Neutro