.....................................................................Escritor clandestino é quem navega neste mar literário
...................................................................................sem se preocupar com o itinerário.

.......................................................................................A.J. Cardiais

Sonho Para Uma Morena - A.J. Cardiais














O meu sonho era para
uma morena
franzina, pequena,
uma etc de beleza.

O meu sonho era,
como tantos quantos,
para uma cena de amor.

Veja meu senhor:
neste embalo
eu entro e saio.
Mas a saia não sobe...

Na verdade o meu sonho
era um só:
dormir com ela.


A.J. Cardiais
23.06.1990
imagem: google